Sínodos Vale do Itajaí e Norte Catarinense - 22 de agosto de 2017
Abril 2016

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail.


Última hora

Família de Jango move ação contra os EUA

<div>O presidente Jango, à esquerda, cumprimenta o presidente Kennedy. Meses depois da fotografia, um estaria deposto e o outro morto.</div>

Altamente pertinente e politizada a ação judicial bilionária que a família do ex-presidente João Goulart move contra o Departamento de Estado dos EUA. Objeto da ação: provar que a CIA financiou o golpe militar de 1964, que acabou com o governo constitucional e democrático do presidente Jango, garantindo a implantação e institucionalização de um governo militar impostor, repressor e que suprimiu as liberdades democráticas e o chamado Estado de Direito no Brasil, por mais de 20 anos.

Motivo da ação: declarações recentes do ex-embaixador estadunidense no Brasil, à época do golpe, Lincoln Gordon admitindo que o Departamento de Estado e a CIA enviavam dólares clandestinos para financiar atividades que desestabilizassem o governo Goulart, bem como o financiamento de campanhas político-eleitorais de candidatos de direita e anti-Goulart. Recentemente foi localizado por pesquisadores e divulgado na TV brasileira um telegrama enviado pelo Departamento de Estado do EUA ao então embaixador Gordon em 31 de março de 1964, data do golpe, colocando um porta-aviões à disposição dos militares brasileiros golpistas.

Segundo João Vicente Goulart, filho de Jango e um dos autores da ação judicial, a intenção é que a Justiça conceda o direito à família de citar o governo estadunidense sobre um "dolo material, moral e, principalmente, de imagem, porque eles derrubaram um presidente eleito". João Vicente afirma que a verba secreta não foi autorizada pelo governo dos EUA, por que não foi sequer examinada pelo Congresso estadunidense.
Valor da ação indenizatória: R$ 3,4 bilhões (cerca de 1,78 bi de dólares), dos quais R$ 3 bilhões por danos morais e R$ 496 milhões a títulos de danos materiais, segundo cálculos periciais anexados ao processo judicial.

Para além da reparação moral e material, essa ação é portadora de um conteúdo simbólico de grande politização, por isso deve ser acompanhada atentamente por todos nós, para que os seus objetivos sejam alcançados com êxito, e desse esperado êxito seja recomposta a verdade histórica e memorial das lutas populares no Brasil.

Cristóvão Feil (Agência Brasil de Fato)

Voltar
ÚLTIMA HORA

EDIÇÃO • Abr/2016

ASSINATURAS
Receba O Caminho em sua casa
Assinatura anual R$ 55,00
Assinatura de apoio R$ 65,00

Ligue: (47) 3337-1110

Entre em contato