Sínodos Vale do Itajaí e Norte Catarinense - 23 de junho de 2017
Abril 2016

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail.


Edição - Abril 2016

Geral

Diaconia - Parkinson é tema de ação diaconal

<div>Comunidade atenta à palestra do Dr. Andrey Koerbel sobre os avanços no tratamento da doença.</div>

“Se não pudermos fazer grandes coisas, façamos com grande amor as pequenas coisas”, disse Madre Tereza de Calcutá. Com essa frase a diácona Ângela Lenke deu início em 7 de março à primeira palestra sobre Parkinson, proferida pelo neurocirurgião Dr. Andrei Koerbel. A palestra aconteceu na igreja da comunidade Martin Luther, de Joinville/SC. 

 Na oportunidade, o Dr. Koerbel deu explicações sobre o implante do DBS-Deep Brain Stimulation (Estimulação Cerebral Profunda). Trata-se de uma terapia reversível que pode oferecer aos pacientes de Parkinson controle contínuo dos sintomas relacionados aos movimentos, 24 horas por dia. Além disso, o DBS pode ser personalizado para gerenciar da forma mais eficaz os sintomas motores específicos de cada um.

Também compareceu um profissional da Delta Medical de São Paulo, que patrocinou os custos do evento, para falar sobre o uso dos aparelhos desenvolvidos para auxiliar pessoas acometidas pela doença, melhorando a qualidade de vida.

Compareceram ao evento em torno de 90 pessoas, dentre elas muitas com a doença, amigos, familiares, cuidadores e profissionais da área da saúde. Demais reuniões acontecerão no decorrer do ano, sempre na primeira segunda-feira de cada mês, às 19:30 horas, com temas e palestrantes distintos.


Depoimento - Sou Edite (53 anos), fui diagnosticada com essa doença neurológica aos 31 anos de idade. Submeto-me a todos os tramentos que surgem com o avanço da ciência, que ajudam bastante, mas infelizmente ainda nenhum deles trouxe a cura. A doença continua avançando, trazendo muitas limitações, o que me impede de exercer as atividades da forma que gostaria. Contudo, aprendi a conviver com as limitações. Parei de trabalhar e resolvi dedicar-me aos trabalhos diaconais em nossa paróquia. Para isso, participei do curso Multiplicadores de Diaconia e de vários seminários. 

Ao longo dos anos conheci várias pessoas com a doença e percebi a necessidade de informação. Ainda tem muita gente, principalmente idosos, que não sabem ou não conseguem manusear o computador. Quando somos acometidos com determinada doença, tornamo-nos mais sensíveis, nos compadecendo com as dores do próximo. 

Aprendi muito com o curso Multiplicadores de Diaconia. Coloquei minha fé em ação. Com a ajuda de Deus através de minha família e pessoas que com boa vontade se dispuseram a ajudar com seus dons e talentos, organizamos esse evento. A Diaconia formou o Grupo de Apoio às Pessoas com Parkinson-GAPP.

Em sua soberania e graça, Deus não desclassifica ninguém pelo fato de possuir alguma deficiência. Fomos criados à sua imagem e semelhança. Jesus não alimenta nossas ilusões humanas, mas prepara-nos também para as dificuldades. 

EDITE RODHEN / Joinville

Voltar
ÚLTIMA HORA

EDIÇÃO • Abr/2016

ASSINATURAS
Receba O Caminho em sua casa
Assinatura anual R$ 55,00
Assinatura de apoio R$ 65,00

Ligue: (47) 3337-1110

Entre em contato