Sínodos Vale do Itajaí e Norte Catarinense - 15 de dezembro de 2017
Abril 2016

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail.


Edição - Abril 2016

Fé e Vida

Sinodais e presidência emitem carta pastoral às comunidades

A Presidência da IECLB, reunida com a secretaria geral e os pastores sinodais, emitiu carta pastoral às comunidades no dia 18 de março. A carta aborda o momento atual no Brasil à luz do tema do ano da IECLB, “pela Graça de Deus, livres para cuidar”.

<div></div>

A partir do lema bíblico do profeta Amós: “Buscai o bem e não o mal” (5.14ª), o texto das lideranças da IECLB questiona: “Como buscar o bem, se tantos parecem desejar o mal de nossa pátria?”, e aconselha: “Por mais complexo que tudo pareça, devemos colocar em oração, livre de partidarismo, a nossa nação. Também é tempo de reafirmar que a nação é de todos, que todos somos sujeitos à constituição e às leis que dela emanam”. 

A carta afirma que a honestidade, a integridade e a liberdade de pensamento são os valores éticos que norteiam nossa sociedade. Tais valores devem “priorizar a busca incansável da democracia e de igualdade de direitos entre as pessoas. Destes valores não podemos abdicar. São por demais preciosos”.

<div></div>

Ter posicionamento político é cidadania, diz o texto, mas é preciso “saber respeitar aquele que pensa de modo distinto, respeitar a igualdade de direitos entre as pessoas e os deveres vigentes em nosso país, de modo que a soberania da constituição não seja desprezada”. 

Na visão dos signatários a complexidade da situação política não pode desprezar “o diálogo e o respeito, para que a democracia seja preservada”. A política é o caminho que ajuda a nação a sair da crise. Para sinodais e direção da IECLB, “em razão disto devemos entender que é papel do cristão se envolver, acompanhar e também postular cargos eletivos. A sua ética e integridade podem ser o elemento divisor de águas no contexto no qual nos encontramos”.

A sociedade precisa ser transformada, e “neste processo de transformação precisamos ter e ocupar papel preponderante a partir de nosso testemunho cristão. E neste testemunho cristão, o combate à corrupção e a busca pela justiça e a igualdade social precisa acontecer e permear todas as instâncias”.

Em meio à crise é o Senhor da Vida que nos guia e conduz. “É Ele que nos dá o discernimento em meio ao conturbado quadro de informações e desinformações que acirram ânimos. A cruz nos chama para olhar com amor ao próximo, agir com discernimento e responsabilidade frente ao momento que enfrentamos”, conclui o texto dos líderes luteranos. 

O Caminho

Voltar
ÚLTIMA HORA

EDIÇÃO • Abr/2016

ASSINATURAS
Receba O Caminho em sua casa
Assinatura anual R$ 55,00
Assinatura de apoio R$ 65,00

Ligue: (47) 3337-1110

Entre em contato